Looks Conceituais - Capa

Looks conceituais para Inspirar

Fala, galera! Hoje o conteúdo do post vem bem diferente do quê estamos acostumados por aqui.

Desde criança, por algum motivo que eu não sei qual, eu sou apaixonado por subculturas. E sempre vim acompanhado da música eletrônica também. Com a minha chegada em Florianópolis, frequentei alguns clubs por aqui. Eu já tinha um gosto pelo techno. Mas aqui, criei um amor por ele. De grandes organizadores como Terraza à festas independentes como Bateu, Trip to Deep, Córtex o público parece conversar entre si. Há pessoas com estilos bem alternativos e alguns que acabam apenas se inspirando em subculturas por causa do estilo e não da subcultura. E isso simplesmente me encantou. Sendo assim, hoje resolvi explorar esse nicho. Devo admitir que cada dia tenho mais vontade em vestir algo assim. Apesar de carregar um pouco das ideias clubbers/club kids comigo. Mas vamos aos visuais para nos inspirar!

 

Steampunk

Eles possuem um estilo de roupa que mescla a antiguidade com o pós apocalíptico, ou seja, misturam roupas antigas com acessórios e cortes de roupas que remetem a um período muitíssimo futurista.

Referente ao estilo antigo deles, é bastante baseado na Era Vitoriana ou Eduardiana. Isso me deslumbra por demais. Eles se apropriam de visuais bem sociais que principalmente são misturados com acessórios cheios de engrenagem e aço. É como se o acessório fosse construído de diversas peças de máquinas que foram encontradas, como uma reciclagem. É possível ver bastante o estilo no festival The Burning Man. Até devido ao local ser um deserto, o quê traz um ambiente bem pós apocalipse. Além, claro, em forma de desenhos.

Looks Conceituais - Steampunk Looks Conceituais - Steampunk

É ou não é estilo puro? Hahaha não adianta, social definitivamente faz a minha cabeça. Mesmo quando quero sair bem do meu estilo ainda acho algo que resgate um pouco ele.

Cyber Goth

Uma subcultura que superficialmente demonstra a nossa mistura com a tecnologia. Esse estilo já vem sendo difundido desde meados dos ano 95 em diante. Conforme a tecnologia vai avançando eles vão também. A parte irada de buscar algo nesse estilo é que é possível trazer coisas muitas diferentes do quê o normal e parecer muitíssimo futurista. Mas ainda acho um estilo bastante complicado incluir. Mesmo que seja apenas para uma festa e não dia a dia. O estilo cybergoth mistura o punk, raver, gótico e outros. As roupas lembram também um mix da cultura cyber punk com cool kids tendendo para roupas mais escuras com partes com cores muito brilhantes.



Looks

Como eu falei, o Cybergoth pega um pouco dos Cool Kids. Achei essas duas imagens e gostei muito como representam. É mais onde os Cybergoths pegaram as ideias. Pois o estilo Cool Kids sai bastante fora das fotos apresentadas.

blog-looks-conceituais-6

blog-looks-conceituais-5

Os Cybergoths é como se convivessem numa mesma época que os Steampunks, porém fossem outra tribo. Eles trazem bastante o símbolo do biohazard com eles e misturam canos, fios, e outros tipos de materiais no cabelo para dar o aspecto de ter a tecnologia misturada a eles. 

blog-looks-conceituais-4

Uma das características mais marcantes é esse cabelo em estilo de Dread. Pode ser encontrado como cyberlox na internet. É um composto de alguns materiais. Analisando as fotos também é possível encontrar bastante o aspecto raver europeu. Sendo assim é uma subcultura com preferência pela música eletrônica. E adivinha qual subgênero da música eletrônica está no meio? Hahaha sim, o techno.

Futurísticos

E por último, mas não menos importante eu vou abordar aqueles que resolvi denominar de “futurísticos”. Apesar de todos as tribos apresentadas aqui terem um pé no futurismo, eu denominei essa assim pois é mais recente a nós e não tem bem uma subcultura envolvida nela.

Tenho visto bastante pelos streetstyles europeus e asiáticos. Muito inspirados em ninjas e shamans. E na minha opinião as roupas são moldadas para terem um pé no Le-Parkour. Elas aparentam ser bastante confortáveis e de fácil movimento no corpo.

Looks Conceituais - Futuristicos

Eu gostei demais desse moletom com capuz da direita. Ainda mais que eu estou no momento louco para fazer uma capa para uns editoriais bem conceituais hahaha. E o da esquerda eu achei super diferente. Me lembra muito os sacerdotes de filmes. E a parte debaixo em forma de vestido aumenta a altura do modelo. Sem contar que dá uma imponência tremenda! 

Looks Conceituais - Futuristicos

Eu gostei muito do desenho da esquerda, pois ele é inspirado no filme TRON. Esse filme, particularmente, tem um costume design incrível para conceito de vestuário futurístico. E o da esquerda num estilo bem Shaman me chamou muito a atenção. Dá facilmente para trazer aquele “cachecol” para um vestuário do dia a dia de inverno.

Looks Conceituais - Futuristicos

Um destaque naqueles óculos. MEU DEUS. Tá incrível! Tem um toque muitíssimo futurístico. Apesar de eu achar ele bem complexo de combinar. Sem contar esse colete né. No demais, no canto superior direito eu gostei bastante daquele colar. Porém acho que ficaria ainda mais futurístico se o colar fosse parte da camiseta. E por fim, a foto no canto direito inferior. O casaco está muito f*da. Mas as luvas eu tiraria! E tem um toque bem ninja esse estilo de corte também.

Essas foram as 3 subculturas que decidi trazer hoje para vocês. E aí, pessoal vocês conhecem mais alguma para me apresentar? Gostariam de mais algum tipo de informação específica além de trazer os vestuários de cada uma? Deixa seu comentário e me ajuda a trazer conteúdo com cada vez mais qualidade para vocês! Espero que tenham gostado dessa pegada diferente aqui no blog.

Por hoje é tudo pessoal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *